Ângela Brodbeck empossada no Comitê de Governança Digital da UFRGS

A profa. Ângela Brodbeck, consultora e sócia da Brodbeck, participou da primeira reunião do Comitê de Governança Digital da UFRGS e foi empossada pelo reitor Rui Vicente Oppermann como integrante deste grupo responsável pelo acompanhamento da execução da estratégia digital e de TI da Universidade.

Primeira reunião do Comitê de Governança Digital da UFRGS

A vice-reitora Jane Tutikian, que preside o Comitê, e o reitor salientaram a importância do trabalho do Comitê na definição de diretrizes para que a UFRGS possa entrar definitivamente na era digital com todos os seus processos e, com isso, ganhe em produtividade e em satisfação dos usuários.

A profa. Ângela Brodbeck participou ativamente do desenvolvimento do PDI e do PDTI da UFRGS para o período 2016-2021.

Veja mais detalhes em http://www.ufrgs.br/ufrgs/noticias/comite-de-governanca-digital-realiza-primeira-reuniao.

 

 

Publicado em Gestão de TI, Governança de TI, Planejamento Estratégico | Deixar um comentário

ABVCAP seleciona sistema de CRM

ABVCAP

A ABVCAPAssociação Brasileira de Private Equity e Venture Capital informa que está aberto o prazo para recebimento de cadastros de empresas interessadas em participar da Concorrência nº 010/2017, que visa à contratação de licenças e serviços de implantação de sistema de CRM (Customer Relationship Management) para a Associação.

Mais informações, bem como o formulário de cadastramento e o NDA podem ser obtidos no site da ABVCAP.

Publicado em Geral | 1 comentário

CPD da UFRGS lança nova Central de Serviços de TI

Catálogo de Serviços de TI da UFRGS

Catálogo de Serviços de TI da UFRGS

Usuários da UFRGS passam a contar a partir de hoje, 27 de outubro, com uma nova Central de Serviços, com capacidade de atendimento maior do que a central antiga, coordenando toda a comunicação com os usuários dos serviços de TI e com abrangência em todos os campi, através das Centrais de Atendimento remotas. Este projeto contou com a consultoria do prof. Henrique Brodbeck, sócio da Brodbeck Consultores em Informática.
Continue lendo

Publicado em Gerenciamento de projetos, Gestão de TI, Governança de TI | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Aplicativo Plataforma TI tem participação da Brodbeck

Plataforma TIO SEPRORGS, plataforma de negócios e representatividade das empresas de TI do Estado, lançou, no Mesas TI, de setembro, no Hotel Deville, a PlataformaTI. O aplicativo foi desenvolvido pela entidade para fomentar novos negócios e oportunidades para os associados.

A Brodbeck Consultores foi contratada para realizar a especificação inicial, desenhar a RFP, selecionar os fornecedores, acompanhar o desenvolvimento e realizar a garantia de qualidade do projeto.
Continue lendo

Publicado em Computação Móvel, Gerenciamento de projetos | Com a tag , , , | Deixar um comentário

PDI da UFRGS tem consultoria da Profa. Ângela Brodbeck

PDI UFRGSDesde o início do segundo semestre de 2015 a UFRGS vem promovendo conferências, seminários e encontros setoriais com o objetivo de apresentar as metodologias de aplicação do Plano de Desenvolvimento Institucional 2016-2026 (PDI), estimulando a participação em sua construção e discutindo com a comunidade acadêmica e a sociedade propostas para alcançar a excelência universitária almejada para a próxima década. A UFRGS é considerada pelo MEC atualmente como a melhor universidade do Brasil.

Conforme a professora da Escola de Administração da Universidade e consultora do Comitê do PDI, Ângela Brodbeck, o Plano é uma bússola para as futuras ações da reitoria.

Mais informações no site do PDI da UFRGS e nas notícias abaixo:

http://www.ufrgs.br/ufrgs/noticias/ilea-realiza-etapa-de-discussao-do-pdi

http://www.ufrgs.br/ufrgs/noticias/galerias/pdi-ufrgs-2013-conferencia-prof.-joao-roberto-peres

http://www.ufrgs.br/ufrgs/noticias/campus-litoral-norte-discute-futuro-da-ufrgs

http://www.ufrgs.br/ufrgs/noticias/coordenadores-de-pos-graduacao-discutem-pdi

http://www.ufrgs.br/ufrgs/noticias/formularios-do-plano-de-desenvolvimento-institucional-serao-enviados-a-partir-de-terca-feira

Publicado em Planejamento Estratégico | Com a tag , , | Deixar um comentário

2015 Global IT Trends Survey tem patrocínio da Brodbeck

globaliim_logoEm um mundo onde o benchmarking e analistas da indústria tornaram-se bastante caros, Brodbeck Consultores resolveu copatrocinar a pesquisa 2015 Global IT Trends Survey promovida pelo Global Institute for IT Management (www.globaliim.com). O Instituto foi fundado e é dirigido pelo prof. Jerry Luftman, uma das maiores referências em alinhamento estratégico de TI.

A pesquisa estará disponível até meados de setembro em https://pt.surveymonkey.com/s/99Y9GY6 e não demora mais que 20 minutos.

Continue lendo

Publicado em Gestão de TI, Governança de TI | Com a tag , , | Deixar um comentário

Desenvolvimento de um Conjunto de Processos de Governança de Tecnologia de Informação para uma Instituição Hospitalar

GovernancaTI-AreasFoco

Imagem retirada do Relatório Cobit 4.1 (livre)

A área de TI (Tecnologia da Informação) tem um papel fundamental na implementação da estratégia das empresas, pois praticamente todos os seus processos estão informatizados. Aliado a isto há o fato de que a evolução tecnológica está tornando cada vez mais complexo o ambiente de TI a ser gerenciado, fazendo com que aumentem os riscos dos investimentos alocados para a TI. Por isso, neste artigo é apresentado um conjunto de processos de Governança de TI alinhados aos objetivos estratégicos de negócio vigentes, para uma instituição hospitalar privada de médio porte (mais de 200 leitos). Para tanto, foram realizadas entrevistas com os executivos de negócio permitindo identificar os objetivos de TI apresentados pelo framework Cobit, que mais se encontravam alinhados aos objetivos estratégicos do negócio vigentes na instituição, classificando-os em ordem de importância. Em paralelo, foram realizadas entrevistas com o CIO e o corpo técnico da TI permitindo identificar os processos de Governança de TI baseados no framework Cobit que já vinham ocorrendo empiricamente na instituição, classificando-os por nível de maturidade. Estes dois conjuntos de necessidades foram cruzados entre si gerando os principais processos de Governança de TI a serem adotados pela instituição, os quais trarão maior retorno ao investimento e à estratégia estabelecida em um curto prazo (aqueles que afetam na não implementação da estratégia de negócio estabelecida), em médio prazo (afetam de forma implícita) e de longo prazo (tangenciam). As principais contribuições desta pesquisa se encontram nos procedimentos de coleta de dados aplicados para identificação dos processos de governança de TI mais adequados, os quais podem servir de guia para outras aplicações práticas; e, na formalização de um conjunto de processos de Governança de TI adequado à instituição estudada.

Clique no link para obter o artigo completo e depois no link Texto Completo: PDF

Publicado em Geral | Com a tag , | Deixar um comentário

Configuração de um Processo de Seleção, Aquisição e Implementação de ERP

ERP

Imagem retirada do Bing, licenciada sob o Creative Commons

O ciclo de vida de um ERP estendeu as fases do ciclo de vida de sistemas como tratada pela Teoria de Sistemas. Uma vez que sistemas ERP entraram no mercado com a concepção de “produtos prontos”, fases como seleção e aquisição passaram a compor o ciclo de vida de sistemas ERP. Com isto, um número maior de interessados ou grupos sociais (fornecedores de software, consultores e entidades governamentais ou parceiros) envolve-se no processo buscando obter um sistema ERP que garanta eficiência, transparência, integridade e confiabilidade das informações para um melhor desempenho na tomada de decisões dentro do seu mercado de atuação. Este artigo buscou configurar um processo de seleção, aquisição e implementação de ERP, considerando os diversos grupos sociais envolvidos em cada fase do processo. Aplicando técnicas da metodologia grounded theory (ordenação cronológica, codificação de categorias e saturação teórica contínua) foi possível configurar os processos de seleção, aquisição e implementação de sistemas ERP em dois estudos de caso, onde emergiram elementos de contexto organizacional (estratégia, cultura, ambiente), estruturadores (fases e passos), e habilitadores para o processo, através de uma lente sócio-técnica dos grupos sociais envolvidos. As principais contribuições acadêmicas encontram-se na utilização da grounded theory para composição de uma forma sistemática de seleção, aquisição e implementação de sistemas ERP; e, para a prática, na confiabilidade e transparência do processo, garantindo a escolha, maior aderência do produto aos requisitos de negócio e melhor uso dos recursos.

Clique no link para obter artigo completo e depois clique no link Texto Completo: PDF

Publicado em Geral | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

Desenvolvimento de um Conjunto de Processos de Governança de Tecnologia de Informação para uma Instituição de Ensino Superior

GovernancaTI-AreasFoco

Imagem retirada do relatório Cobit 4.1 (livre)

A área de TI (Tecnologia da Informação) tem um papel fundamental na implementação da estratégia das empresas, pois praticamente todos os seus processos estão informatizados. Aliado a isto há o fato de que a evolução tecnológica está tornando cada vez mais complexo o ambiente de TI a ser gerenciado, fazendo com que aumentem os riscos dos investimentos alocados para a TI, principalmente aqueles de esfera de governos federais. Por isso, neste artigo é apresentado um conjunto de processos de Governança de TI alinhados aos objetivos estratégicos para uma instituição de ensino superior pública de grande porte. Para tanto, foram realizadas entrevistas com os principais gestores da administração permitindo identificar os objetivos de TI apresentados pelo framework Cobit®, que mais se encontravam alinhados aos objetivos estratégicos do PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional), classificando-os em ordem de importância. Em paralelo, foram realizadas entrevistas com os gestores da área de TI da instituição permitindo identificar os processos de Governança de TI baseados no framework Cobit® que já vinham ocorrendo empiricamente, classificando-os por nível de maturidade. Estes dois conjuntos de necessidades foram cruzados entre si gerando os principais processos de Governança de TI a serem implementados pela instituição, os quais trarão maior retorno ao investimento e à estratégia estabelecida em um curto prazo (aqueles que afetam na não implementação da estratégia de negócio estabelecida), em médio prazo (afetam de forma implícita) e de longo prazo (tangenciam). As principais contribuições desta pesquisa se encontram nos procedimentos de coleta de dados aplicados para identificação dos processos de governança de TI mais adequados, os quais podem servir de guia para outras aplicações práticas; e, na formalização de um conjunto de processos de Governança de TI adequado à instituição estudada.

Clique no link para obter o artigo completo.

Publicado em Geral | Com a tag , | Deixar um comentário

Escritório de Processos

EscritorioDeProcessos2

Imagem elaborada pelo autor (Ângela F. Brodbeck)

A área de Tecnologia de Informação (TI) vem assumindo um papel fundamental e mais estratégico dentro das organizações dada a natureza transversal que permeia todas as atividades organizacionais, as quais estão se tornando cada vez mais automatizadas. A excelência, a eficiência e a expansão dos negócios passam pela constante atualização tecnológica e oferta de serviços informatizados. Esta também tem sido uma realidade das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) no Brasil, cujos macroprocessos finalísticos (relacionados ao negócio) e os macroprocessos de apoio (relacionados às atividades de gestão e administração universitária) vêm tendo a necessidade crescente de automação, controle e melhoria contínua de seus processos. Por isso, este artigo busca relatar a criação e estruturação do Escritório de Processos (EP) na UFRGS, uma das maiores IFES do Brasil e como sua existência modificou e influenciou o desenvolvimento das atividades do Centro de Processamento de Dados (CPD), setor responsável pela prestação de serviços de TI para a Instituição. A necessidade de sua criação foi apontada pelo Planejamento Estratégico de TI (PDTI) como sendo uma das cinco ações mais relevantes de serem implementadas. Os principais resultados gerados foram: procedimentos adotados para a criação e estruturação do EP; uma metodologia de implementação da Gestão por Processos (GP) em uma IFES que inclui fases de análise de requisitos (integração entre EP e CPD); e, relatos detalhados de como estão sendo implementados dois processos críticos – Compras (macroprocesso de apoio) e Convênios (macroprocesso finalístico). Uma das maiores contribuições possíveis com este artigo é poder servir de guia para outras IFES que queiram trilhar o mesmo caminho.

Clique no link para obter artigo completo.

 

Publicado em Geral | Com a tag , , | Deixar um comentário